quinta-feira, 16 de junho de 2016

Quando a bagunça é bem-vinda...



Quantas vezes cheguei em casa e olhei desanimada para os brinquedos espalhados pela sala, para os pequeninos sapatos pelo chão atrapalhando a passagem, para os enfeites quebrados e rabiscos na parede. Confesso que por um tempo me estressava e insistia em arrumar tudo, para horas (ou ás vezes minutos) depois me estressar novamente ao ver que meu esforço era em vão, pois a bagunça estava lá do mesmo jeitinho novamente.
Então num certo dia em que as crianças tinham ido dormir na casa da vó, cheguei em casa e encontrei tudo arrumado, um silêncio estranho reinando, nenhum brinquedo pelo caminho, e inexplicavelmente senti um aperto no peito. Ali entendi, que apesar de tudo estar no lugar, aquele cenário era frio e sem vida, e naquele mesmo momento decidi que não iria mais me importar com a bagunça, pois um dia eles crescerão e a casa ficará arrumada novamente, porém não terei mais as brincadeiras, as risadas e musiquinhas infantis, os livrinhos de histórias,  os farelos no sofá dos bolos que comemos juntos, as manchas de tinta dos desenhos com traços imperfeitos feitos especialmente pra mim...Uma casa arrumada é apenas uma casa arrumada. Já uma casa bagunçada, onde habitam crianças saudáveis e felizes é e será um sempre um lar.

2 comentários:

Vou adorar saber sua opinião sobre esse assunto!

Disqus for maenual




eXTReMe Tracker